................ ................ ................ ................

{retrospectiva } 5 ideias básicas de marketing, para começar!

Por Cissa Chiarini

Você já deve ter ouvido falar bastante sobre os elaborados planos de marketing das empresas e como isso traz excelente retorno para a divulgação e fixação da marca, resultados nas vendas, envolvimento dos clientes... e, com certeza, já deve ter pensado em como usar isso a seu favor! A minha dica é: faça o básico de forma excepcional e você já verá uma grande diferença no resultado do seu negócio! Como?!


DEFINA O SEU OBJETIVO
Primeiro, você precisa definir o objetivo do seu negócio. Isso é importante para que suas próximas decisões estejam focadas para atingir esse objetivo! Vamos supor que seu objetivo seja vender bolsas de tecido para um público premium! Então, é isso que vai orientar todas as suas decisões como: preço, qualidade da matéria-prima e acabamento, onde e para quem vai divulgar, onde vai vender...

PROCURE CLIENTES QUE AMEM AS SUAS COISAS
O apego com cada produção é quase que premissa básica para quem trabalha com produtos artesanais, pois em cada peça há história, cuidados, detalhes e muito carinho envolvido! E são essas características que formarão a percepção da sua marca e como as pessoas percebem os seus produtos... mas você precisa ter em mente que nem todo mundo vai gostar das suas coisas e isso não pode se tornar algo pessoal! Afinal de contas, você tem um negócio, certo? Então, seu objetivo é encontrar as pessoas que amam as suas coisas e conhecê-las para que você possa trabalhar para mantê-las como clientes, para que indiquem seus produtos e voltem sempre a comprar!

MOSTRE O SEU TRABALHO
Não adianta esperar que as pessoas descubram você e seu trabalho... você precisa mostrá-lo e não perder oportunidades! Use o Flickr, Twitter, Facebook, Tanlup, crie um blog para contar sobre o dia-a-dia do seu ateliê... aprenda a tirar fotos perfeitas dos seus produtos e a escrever descrições interessantes sobre eles! Seja profissional! Tudo o que você fizer formará a impressão que seus clientes terão de você e, sim, eles vão observar cada detalhe e fazer seus julgamentos! E é assim que vai se definir se darão continuidade ao relacionamento com o seu negócio ou não...

Para pensar! Eu sigo muitos ateliês pelo Twitter, de pessoas que eu realmente admiro pelo seu trabalho! Algumas me deixam ainda mais apaixonadas pelo seu estilo de vida, bom humor, simpatia, referências culturais... mas, também já me decepcionei muito com outras, que criam produtos igualmente lindos, mas que só lamentam e reclamam a cada tweet! Na hora de escolher onde farei minhas compras, o que vocês acham que levarei em conta?

CUIDE BEM DOS SEUS CLIENTES
É isso que fará com que eles voltem a comprar! Como fazer? Dê um atendimento de qualidade, supere as expectativas a cada contato, cumpra os prazos combinados, entregue o produto prometido... dê a ele uma excelente experiência de compra e ele contará aos seus amigos e há uma grande probabilidade desses amigos também amarem as suas coisas... e assim contarem também para os seus amigos sobre você! Assim, você vai conseguir o melhor marketing do mundo: o boca a boca!

CRESÇA! MUDE! FAÇA MELHOR!
Crie novos produtos, procure melhorar suas técnicas e aprender coisas novas! Ofereça coisas novas aos seus clientes! Não tenha medo de fazer mudanças, de arriscar! Seja original... seja interessante!

Eu sei que essas ideias podem parecer um tanto óbvias, mas se você cuidar de cada uma delas com atenção e usar sua criatividade também na forma de administrar seu negócio, você terá um ótimo plano de marketing!

Agora reflita, vá e faça! 

Mas, antes, compartilhe suas ideias e dúvidas, deixe seu comentário: para você, qual a parte mais difícil de colocar em prática?

Gostou desse texto? Então, divulgue no Twitter! http://bit.ly/fnwnS1

33 comentários:

Ateliê da Nanda disse...

Eu sou publicitária e me formei no meio do ano reatrasado e concordo com TUDO o que está escrito aqui! Me identifiquei com muitos tópicos deste post e posso afirmar com 100% de certeza que bom humor, respeito e profissionalismo são tudo! De que adianta fazer uma venda super bacana mas não cumprir o prazo? De que adianta fazer uma vendo super bacana e ser mal educada ou não responder as frequentes perguntas das clientes? Muitas vezes eu penso 10 vezes e releio outras 100 um e-mail que vou mandar e me coloco no lugar da pessoa que está lendo, pra saber como eu reagiria, como eu me sentiria lendo aquele texto e só depois faço o envio! Por estarmos cada um na frente de um computador, temos que fazer com que nossos clientes se sintam a vontade e principalmente confiem em nos!!

Tudo muito bacana por aqui!!!

Bjsss

Catarine Heiter disse...

sem dúvida.. esse post está ótimo!!! Para mim a maior dificuldade é o 'mostrar'... com o tempo corrido fica cada dia mais difícil manter tudo tão atualizado como eu gostaria... mas tenho planos em fase de teste para melhorar isto!!! bj

Menina Lima by Keithe Lima disse...

Olá Meninas !
em primeiro lugar, Parabéns pelo blog e pela idéia de criar um lugar onde possamos compartilhar nossas dúvidas a respeito do nosso trabalho... Acho que essa é uma das grandes dificuldades do artesão... Criar, vender, expor, atender ao cliente... enfim fazer tudo, muitas vezes sozinho...
Concordo com tudo o que li aqui e as dicas são valiosas demais... me trouxeram muita inspiração e reflexão também. Tenho me esforçado para conseguir fazer o melhor para meus clientes e para mim mesma.
Esse é meu maior desafio: Conseguir admistrar tudo ao mesmo tempo, mas estou buscando recursos para tornar minha rotina cada vez melhor e mais produtiva...
Ah! uma sugestão: dicas de organização para quem trabalha em casa,como organizar melhor tantas demandas... produzir, criar, expor na mídia... o dia tinha qu ser com 30 horas (rsrsrsrs!!!!) ainda mais com três pequenos!!!!
Um beijo
Keithe

assim,sim! disse...

A ideia é essa mesmo, Nanda! Atendimento e relacionamento com o cliente de qualidade já é um grande passo para os negócios!

Catarine e Keithe, a falta de tempo é realmente um dos grandes problemas, né? São tantas coisas para fazer, pensar, criar... também queria que o dia tivesse 30 horas (ou até mais!)! Com certeza farei posts com dicas para nos organizarmos melhor e fazer o tempo render...

Meninas, obrigada pelos comentários! :)
Beijinhos, da Cissa!

Joana Banana Design disse...

É... quem trabalha por conta com artesanato tem que fazer de tudo muito! Tem que ser a designer do produto, a artesã, a administradora, cuidar das finanças, do marketing, além de ser mãe, esposa, mulher! E acho que é isso que faz esse trabalho tão apaixonante. Agora, o importante para ganhar dinheiro com os produtos é isso que você disse: QUEM É SEU CLIENTE E ONDE ELE ESTÁ! A gente tem que descobrir isso primeiro para não ficar dando tiro no escuro. Eu por exemplo, quando comecei com minha loja na net, fiz anuncio no google adwords. Gastei 200,00 e não tive 1 negócio fechado. Em compensação, faço parte de uma comunidade de decoração e já fiz alguns negócios com o pessoal de lá sem gastar 1 tostão!
Parabéns pelo blog! Vou acompanhar com certeza e já mandei o link pra minha mãe que também é artesã.
Bjs.
Joana

assim,sim! disse...

Joana, isso que você falou é muito legal! Muitas vezes não é preciso muito dinheiro para fazer uma campanha legal e ter um ótimo retorno! Fazer parte de comunidades, fóruns e grupos de e-mail é uma ótima oportunidade para fazer amigos e divulgar a sua marca! Obrigada pelo comentário e seja sempre muito bem vinda... :)

Luma disse...

Meninas, parabéns pelo blog e principalmente pelas dicas. Custa mesmo muito pouco fazer divulgação e captar clientes, principalmente por causa da internet. Vale lembrar que qualidade e bom atendimento são fundamentais em qualquer tipo de negócio.
Vou "perseguir" o blog agora!
Beijo grande e sucesso,
Luma

Carmen Rôse disse...

Idéias e dicas não faltam neste Blog...
muito, muito bom!!
Parabéns!!!
(Ah, fui a centésima pessoa a seguir o blog...legal né...)
bjs
Carmen Rôse

Mami's disse...

Suas dicas estão me ajudando muito.
Estou seguindo o blog e o twitter.
Obrigada,

Márcia Lima disse...

Adorei as dicas! Principalmente porque estão voltadas para nossa realidade. Apesar de estar já a alguns anos no artesanato, sempre nessa época tenho que começar tudo de novo, com novas criações para um novo estoque... É cansativo mas me dá um ânimo, me sinto renovada e com suas dicas vou tentar fazer melhor esse ano, com um ar mais profissional! Bjs.
Márcia Lima

Luciana D´Agosto disse...

Desde que comecei meu negócio venho usando as 5 idéias básicas. Nunca havia lido em lugar nenhum. Simplesmente parti do princípio que as minhas clientes gostariam de ser tratadas de forma única e especial. Afinal de contas, meus doces são únicos e muito especiais!
Parabéns pelo artigo!

spunk disse...

as dicas sao mto validas mesmo, mas eu lido com um outro problema, crio a peça, desenvolvo, faço e refaço, ficou linda, vendo, depois nao tenho mais vontade de fazer de novo, mesmo vendo a peça ficou mto boa e q as pessoas gostaram, mas parece q perco o encanto depois da conquista.
da pra mudar isso?

Jacqueline Silva disse...

Estou aprendendo muito em poucas páginas, só me resta o tempo pra por em prática.
Parabéns e muito obrigada, vcs não imaginam o quanto vão me ajudar!!
Jack

Anônimo disse...

Sim meninas, voltei! Sou a Fabi, em outro post avisei que em breve estariamos lançando nosso trabalho e heis que chegou o dia. Será que vcs viram meu email? Se não me avisem onde posso mandar meu site pra vcs conhecerem? ; ) bjinhos Ah e acompanho se,pre aqui viu!

Pé de Pera disse...

Oii! Bebo todas as linhas escritas, sou sedenta por me profissionalizar e passar uma imagem positiva, porém bem sei que não faço tudo que teria que fazer.
A parte mais difícil pra mim e dar conta de tantos logins/dia, me concentrar no ateliê, costurar, fotos, atualizar flickr,loja, blog (oi?), orkut etc, etc... (fora a família!) tenho conta no facebook e twiter mas nem me atrevo a começar pois seriam horas no computador a mais, amo ler o que as amigas crafters postam e queria fazer o mesmo, compartilhar, mas ufa...tá difícil amiga.
Tenho muitos 'quereres', muitas idéias engavetadas...
Como sei se posso arriscar ter alguém no ateliê pra dar uma mãozinha?

To amando ler tudo!

stella disse...

Oi meninas!
obrigada por todas as dicas! São importantíssimas!!!
Pretendo abrir uma loja virtual e tudo que há neste blog é "um achado"!!!
Sucesso a tds!
bjs!

Ateliê Decorato a Mano disse...

Oi meninas,amei o blog!Realmente me ajudou muito,já que estou iniciando agora com um ateliê!O que mais me preocupa é saber onde estar meu cliente,quem é...etc...?E assim gostaria que esses ítens fossem mais "conversados" com dicas etc aqui no blog.Pode ser?
mil bjs pra vcs!

Cassia disse...

oi Cissa o que você disse me fez refletir muito ,
as vendas com meu blog alavancaram e esqueci das redes sociais vou agora mesmo fazer um planejamento para atualiza-las .. e reabrir meu ELO 7 .
Minha maior dificuldade é organização de tempo
e limitações de horário de trabalho pois como trabalho em casa parece que toda hora é hora de trabalhar, e ainda cuidar de filho marido , casa , blog atualizações novos produtos responder e-mails, layouts ,correio ,banco aff tudo .

O site é demais me ativou a imaginação e empolgação beijos
Cassia
O site é demais

D' Arts & Bijús disse...

Adorei as dicas amo fazer artesanato mas tenho muita dificuldade em mostrar meus produtos,sou daquele tipo de pessoa que gosta de ficar nos bastidores,queria muito conseguir alguem só para vender meu artesanato ou entao aprender a mostrar meu trabalho e saber valoriza lo acredito que tenho muiito que aprender
bjs e mais uma vez obrigada pelas dicas

Mãos Ocupadas disse...

Olá,

Muito legal este conteúdo! Tem tudo a ver com nossa proposta de trabalho. E vamos colocar em prática JÁ!!!

Somos um grupo de artesãos e desenvolvemos objetos para ajudar no alívio do stress, na prática da meditação ou simplesmente no passatempo, como japamalas, masbahas e kombolóis. Gostaríamos de convidá-l@ para uma visita em nosso blog e em nossa página no Facebook: http://maosocupadas.blogspot.com

Um abraço,
Mãos Ocupadas

Hellen Art's disse...

Oie.. estou começando agora e ficava muito triste quando deixava meus cartões nas lojas e eles colocavam sempre escondidinho atrás dos cartões da própria loja, daí pensei: tenho que fazer algo a respeito. Fiz um porta cartão bem chamativo, daqueles que mesmo não precisando você acaba sendo atraido e pega o cartão pra ver quem fez aquela fofura (modéstia à parte... rsrs)... O resultado foi que minhas vendas alavancaram de vez depois que eu deixei vários deles em diversos comércios da cidade, principalmente nas papelarias... Olha só como ficou:
http://hellenarteseva.blogspot.com/2011/11/porta-cartao-de-visitas.html

Daniella disse...

Suas dicas como sempre são excelentes. No fundo a gente sabe o que fazer, mas é sempre ter a memória refrescada ;-) Essa semana tive uma situação que gostaria de saber como você reage. Como lidar com aquele cliente que quer ser íntimo, mas além do que é necessário? bjs

Cynthia disse...

Olá! Adorei o post, mas venho na verdade prestar solidariedade e dizer como faço para contornar a situação com duas amigas que comentaram acima...

Spunk, eu tbm tenho esse problema: quando invento de fazer uma coisa não paro até terminar e ver que consegui. Às vezes até sonho com isso de tão focada que fico. Mas depois sempre dá aquela preguiça de fazer de novo. Costumo dizer que sou melhor na área de "criação" do que na "linha de produção"... Mas enfim, a situação é contornada "forçadamente" por causa do dinheiro, que preciso, mas tento enganar minha preguiça aguçando minha curiosidade em saber como ficaria esse objeto com outros tecidos e cores. O mundo craft tem essa vantagem: raramente uma peça é igual à outra. Mudam os tecidos, os materiais de acabamento, a combinação de cores, etc. Na verdade acho que é mais ou menos como reinventar algo já inventado... Dar uma nova roupagem, saca? Pensa assim que talvez isso te ajude pelo menos um pouco... rsrsrs

Pé de Pera, eu tbm sofro do mesmo mal: mil logins, mil blogs pra ler, mil ideias pra ter e a produtividade vai pro beleléu. Ainda não contornei totalmente esse problema, mas estou tentando isolar esse momento em uma ou duas partes do dia, tipo: batalho tudo que posso na internet até a hora do almoço (minhas manhãs são menos produtivas). Durante a tarde e a noite eu produzo melhor, então aproveito esses horários pra isso. Se der, dou uma olhadinha rápida no final da tarde só pra ver se tem recado importante e urgente. Se não for urgente, só respondo no outro dia.

Como vc pode ver, isso não tem funcionado muito bem, afinal, são 14:10h e eu estou aqui comentando... hehehe

Mas devagarinho a gente põe em prática toda essa teoria. O importante é não desistir!

Beijo.

Lü Sielskis disse...

Adoro as dicas deste espaço maravilhos para todas as handmade womans!(oi?)rs*
Essas dicas precisam ser impressas e coladas no mural de recados de todo ateliê...muitas vezes nos esquecemos de detalhes tão importantes, que fazem toda diferença no nosso graft bussines!!!

beijos sucessudas!!!

Ana Cristina disse...

Adorei as dicas parabéns por ese trabalho lindo! e obrigada por nos ajudar tanto, com dicas tao importantes!! blog maravilhoso...
já tenho em meu ateliê OS quadrinhos que vcs disponibilizaram pra gente imprimir neles tem dicas ótimas que fazem toda a diferença em nosso dia a dia!! mais uma obrigada e um grande bjo!!!
fiquem c/ Deus
Ana

Du disse...

Olá, acho muto interessante os posts de vcs com dicas super interessantes, estou começando com uma loja virtual agora. Minha maior frustração é não valorizar o meu trabalho, fico na maior saia justa, insegura qdo tenho que dar o pr$ço. se pudesse faria só para presentear, rsrsrsrs. Mas como não é o caso, estou tentando.
Para divulgar minha loja, fiz um sorteio no blog.
Tenho muito oque aprender ainda, mas o melhor é que estou disposta a isto.
Bjs e até mais.
http://paravoceeufizassim.blogspot.com/

josi disse...

Oi, meninas do Assim,sim!...muito legal o blog de vcs, viu? Compartilhar é sempre um gesto de generosidade.
Sabe todas estas dificuldades relacionadas acima? Eu tenho todas! No final, me sinto culpada e estressada pq não consigo ter o resultado que tinha proposto. Penso em desisitir, resisto, penso em continuar, reflito...um dilema mesmo!
O q fazer?
Em um post, vcs disseram q iriam dar enfoque na logomarca, etiquetas etc...gostaria de ter um post direcionado a este respeito pq ainda não consegui escolher uma logomarca p chamar de minha e isto faz falta na hora de terminar um produto...falta etiqueta, tags, personalização, não acha?
Vcs podem me ajudar?
bjs

ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Post perfeito!
Estou iniciando, mas já com mil projetos para vender minhas costurinhas. São dicas valiosíssimas!

O importante é a gente se colocar no lugar do próximo, pra se lembrar sempre em como falar e agir.

Bjs

Καλλιόπη . . . disse...

Nossa, que matéria perfeita!
Pra mim a parte mais difícil vai ser encontrar os clientes que amem meus produtos...

Mas vamos lá! Estou aprendendo muito aqui!

Bjus
@OMundoDeCaliope

Cantinho da Aracy disse...

Excelente texto, formada em comunicação social há mais de 30 anos tiro o chapéu para suas dicas, parabéns!
Beijos no coração

Erica disse...

Muito bom o assunto. Respondeu algumas das minhas principais dúvidas! Ver os artesãos que tanto admiramos vendendo seus produtos agora, não fazemos ideia, muitas vezes, do quanto trabalharam pra chegar nesse ponto.
Obrigada por compartilhar!
Bjs

Simone Cirimbelli disse...

Estou começando. Me apaixonei pelas encardenações e estou trabalhando com elas.Tudo está difícil, porque é um começo, mas estou adorando os desefios. O mais difícil é o material . Achar material de qualidade é trabalhoso e muitas vezes você siplesmente não encontra. Então é trabalho de formiguinha mesmo, procurar e procurar. Aprendi que o mais iprtante é focar no qe você quer, e oresto é paciência e perseverança. Como estou no início o meu objetivo agora é produzir com qualidade e aprender a lidar com todas essas ferramentas da internet.
Bja

Flávia Castanheira disse...

Olá Meninas, tirei este fds para atualizar a leitura dos post de vcs.
O que vcs disseram sempre leio em revistas e blogs especializadas, livros de marketing e jornais, mas com vcs é diferente, parece que entra na cabeça a lição do dia :)
Talvez seja pela forma de comunicar, talvez seja pelo template de vcs que eu amo (um dia ainda encomendo um mais biitinho pra mim tb), seja como for, quando vcs falam se faz a luz !!
Muito obrigada pela generosidade em partilhar, leio tudim viu ?!!
Beijos

Postar um comentário