................ ................ ................ ................

por um { ateliê } produtivo

Por Melina Pettendorfer

A maioria dos negócios craft ou feitos à mão começa em casa! Como conciliar pouco espaço, família e ainda fazer o trabalho render?

JÁ ESCUTAMOS
"Tenho muita vontade de começar de verdade meu negócio craft, mas não tenho espaço em casa e não tenho como investir em um aluguel agora."

O QUE PENSAMOS
É sempre em pequenos espaços e com pouco investimento que vamos começar, e com o amadurecimento do próprio negócio, vamos sentindo pra onde crescer. O importante é dar o pontapé inicial com gás, energia, e de um jeito motivador! Pra nós, algumas dicas foram fundamentais, vamos à elas?

Cinco passos para ter um ateliê funcional e funcionando:

1. Olhe pra sua casa com outros olhos.
Nada de encontrar aquele cantinho que ninguém quer para ser seu ateliê! Ficar no quarto da bagunça ou dos fundos vai diminuir sua motivação. Por isso, olhe para as áreas mais " nobres" da sua casa como a sala (aqui nas Carinhas a parte criativa fica na sala) e de preferência perto de uma janela, se ela tiver uma vista bacana onde se veja o céu, está perfeito! Se visitas e família forem passar muito por esse local, melhor ainda, mais uma razão para você mantê-lo sempre limpo e organizado! ;)


2. Começe com o mínimo necessário para produzir.
Pegue todo o seu material de trabalho e separe para seu ateliê apenas o mínimo necessário. Por exemplo: você trabalha com tecidos variados? Corte apenas um pedacinho e mantenha um quadrinho com essas amostras. Assim você sabe o que tem disponível e guarda o tecido em si em uma outra parte da casa para acessar no momento que precisar. Vale para papel também!

3. Invista em soluções simples e transforme o que tem em casa.
Uma mesinha esquecida ou até mesmo uma porta podem ser transformadas em uma bancada de trabalho. Outra dica baratinha é o MDF perfurado, que você compra em um tamanho enorme e já corta na própria loja. Com a ajuda de botões usados para prender espelho de vidro, você terá suas ferramentas sempre à mão economizando espaço e esbanjando charme!

4. Toque final.
É muito importante se rodear de objetos que te inspiram! Não é porque falta espaço que não vai caber aquele mimo dado por uma amiga ou um enfeite feito por você mesma! São essas coisas que vão tornar esse ambiente aconchegante e você não vai mais ter vontade de parar de produzir!

5. Rotina definida de limpeza e organização.
Pra que o seu ateliê não vire um depósito e te desmotive a produzir, estabeleça uma rotina de limpeza e organização! Aqui nas Carinhas, uma vez por semana varremos e espanamos tudo e, uma vez por mês, fazemos uma mega faxina, realmente decidindo o que não necessita mais estar ali para o ateliê e a fábrica estarem sempre livres e funcionais!

VAMOS CONVERSAR?
Você tem muito espaço no seu ateliê? Já pensou em migrar pra sala? Prefere ficar mais isolada ou uma janela fez toda a difença na sua vida? Tem fotos para mostrar pra gente? Deixe o link nos comentários! Vamos adorar conhecer o seu espaço!