................ ................ ................ ................

quero ter um site! e agora?

Por Thiara Ney

Muita gente acredita que ter um site é o primeiro passo para ter seu micro pequenino negócio. Não é. Você pode ler inúmeros posts por aqui que comprovam isso. Antes de ter seu próprio site é preciso conhecer bem seu público-alvo, seu produto, definir suas metas, fazer seu plano de negócios, conhecer a concorrência e muitas outras coisas.

Mas com tudo isso acertado, ter seu site é muito importante sim. Nos dias de hoje a internet é o meio de divulgação com melhor custo x benefício, e ter um site é quase sinônimo de existir. Para alguns segmentos de negócio ele deixa de ser uma ferramenta importante para se tornar realmente essencial. Eu mesma compro quase tudo pela web, e até mesmo o que compro em lojas físicas pesquiso antes em lojas virtuais. Mas então vamos para a parte prática da coisa.

{ conheça a galeria the dainty squid }

REGISTRANDO O DOMÍNIO
O primeiro passo é acessar www.registro.br, que é o site do órgão que regulariza os domínios no Brasil [domínio é o nome do seu site, desde o www até o .com.br ou .com ou .net...]. Lá você pode consultar os domínios disponíveis e iniciar o processo de registro do seu endereço. Você vai fazer um cadastro bastante simples, escolher um nome de usuário e senha e reservar o seu endereço. Depois é só pagar a taxa anual, que custa R$ 30,00 e pronto. Aguarde o email de confirmação de registro e desfrute de seu endereço na web pelos próximos 365 dias.

ESCOLHENDO UM SERVIÇO DE HOSPEDAGEM
Mas só ter um domínio registrado não te faz ter um site. O próximo passo é contratar um serviço de hospedagem. Afinal, um site é feito de uma série de arquivos interligados, e esses arquivos precisam estar hospedados em algum lugar (um servidor) que suporte a quantidade de visitas que você quer que seu site tenha: milhares.

Existem inúmeros serviços de hospedagem disponíveis no mercado. A maior parte das grandes empresas de internet oferecem esse serviço (UOL, Terra, IG). Assim, o próximo passo é você escolher o serviço que precisa contratar. Se o seu site é apenas para divulgar algumas imagens de seu trabalho e seus contatos, sem muitas atualizações constantes, você pode ter um pacote simples. Já se sua intenção é ter uma loja virtual, ou um portal de serviços, ou qualquer outra ideia que demande atualização e muitos arquivos guardados, é bom você procurar por uma empresa que ofereça um bom banco de dados e bastante espaço de armazenamento.

DESENVOLVENDO UM WEBSITE
Seja qual for sua opção, um site estático (sem muitas atualizações) ou um dinâmico (atualizado frequentemente), o ideal é que você contrate uma empresa especializada em desenvolver páginas na web. Eles poderão inclusive te ajudar a entender o que você precisa contratar.

MEU SITE É MEU BLOG
Uma outra opção, cada vez mais comum hoje em dia, é as pessoas utilizarem seus blogs como principal fonte de divulgação de seu trabalho, e tornarem as próprias páginas de posts o seu website oficial. Se essa é sua ideia, ficou mais fácil ainda. Você vai precisar registrar o domínio como explique acima, mas não vai precisar de hospedagem e nem desenvolvimento. Após o registro basta acessar as configurações de seu blog e indicar que todo o conteúdo de seu blog deve ser redirecionado para o novo endereço.

Se você é usuário Blogger, tem um PAP aqui!
Alguém conhece um PAP de como fazer isso no Wordpress? Aceitamos dicas!

Agora que você já sabe como ter um endereço só seu na web, compartilhe com a gente como é o seu site e como foi a sua experiência com os passos acima.