................ ................ ................ ................

série { já tenho um negócio! } : 1. como faço para dar certo?

Por Thiara Ney

Agora que você já seguiu nossas dicas para se cadastrar como MEI, montar uma vitrine virtual e tantas outras que leu aqui no Assim, Sim!, é hora de vender.

Vender é o maior desafio das empresas, e principalmente das novas, que ainda não têm base de clientes sólida. Todos os meses você precisará gerar receita suficiente par apagar as contas (aluguel, matéria prima, fornecedores, funcionários, ativos), para o seu salário e ainda ter lucro.

Uma das primeiras regras para melhorar a lucratividade do seu negócio é comprar bem. Segundo o Sebrae "um real economizado na compra resulta em um real somado diretamente ao seu lucro". Para economizar nas compras o primeiro passo é encontrar os melhores fornecedores, que te oferecem não só o melhor preço, mas também a melhor forma de pagamento e produtos ou serviços de qualidade.

{ conheça a galeria moline }

Mas se acabei de começar meu negócio, como faço para conhecer os melhores fornecedores? Aí vão nossas dicas:

PESQUISE. Tire um dia para bater perna, conhecer as lojas dos centros comercias de sua cidade e até mesmo os grandes distribuidores. Faça tabelas e compare preços e produtos. Você também pode fazer o mesmo tipo de pesquisa pela internet. Muitas lojas oferecem o mesmo produto a um custo menor na loja virtual, pois toda a operação pela web é muito mais econômica.

PERGUNTE. É importante pesquisar o mercado em que irá atuar, e conhecer quem são os fornecedores de seus concorrentes pode ser de grande ajuda. Além disso, grande parte dos micro pequeninos negócios tem forte presença na web, e as redes sociais estão aí a nosso favor. Trocar informações a respeito de materiais e fornecedores é uma prática comum nesse meio.

ESPALHE. Quanto maior for sua rede de fornecedores, melhores condições pode encontrar e negociar. Assim fica mais fácil conseguir os melhores preços e condições de pagamento.

MUDE. Não tenha medo de trocar de fornecedor quando isso for necessário. É claro que manter uma parceria financeiramente viável e sólida ajuda a garantir produtos de qualidade e melhores prazos, tanto de entrega quanto de pagamentos. Entretanto, com o tempo podemos criar vínculos afetivos com fornecedores próximos e constantes. Se isso acontece com você, é hora de agir com a razão. Esse é o seu negócio, e é importante escolher o melhor fornecedor, e não aquele que precisa mais de você.

Agora você já sabe: saber comprar é o primeiro passo para vender mais e melhor.
No próximo post vamos falar sobre clientes. Espero vocês!