................ ................ ................ ................

{ fotografia } edição

Por Eva Caroline
la pomme }

Conceito da imagem definido, cenário escolhido, melhor luz identificada! Agora é hora de clicar e publicar! Não! Nem pensar em publicar as imagens do jeito que elas saem da câmera!

{ crédito :: eva caroline }

PORQUE NÃO?
Porque a fotografia que sai da sua camêra vem com os ajustes pré-definidos e nem sempre o resultado é o ideal! A fotografia digital por essência precisa de ajustes e são inúmeros os que podem ser feitos, mas os principais são:

BALANÇO DE BRANCO
Já percebeu que às vezes a fotografia fica mais avermelhada, azulada ou esverdeada? Isso acontece porque os diferentes tipos de luz influenciam as cores dos objetos. Nossos olhos “não percebem”, mas a câmera capta a influência da cor da luz nos objetos. Por isso é necessário ajustar o branco para que a sua imagem tenha tons naturais. A maioria das máquina possui nas configurações as opções de condição de luz em que se está fotografando. Mas nem sempre o resultado é o esperado (quase nunca é) e por isso fazer esse ajuste posterior é muito importante.

AJUSTE DE LUZ
Clarear, escurecer, atenuar sombras, escurecer as áreas claras… dar o seu toque! Ajustar como você pretende a luminosidade de sua foto.

BRILHO E CONTRASTE
Deixe sua foto com mais o menos brilho, com mais contraste ou mais suave.

NITIDEZ
A fotografia digital tende a ser menos nítida pelos elementos físicos de sua construção, quando o ajuste de nitidez feito por sua câmera não for suficiente, aplique um máscara de nitidez.

CORTE
Refazer o enquadramento da sua foto para eliminar algum elemento que não devia ter aparecido ou para dar mais destaque ao produto.

MARCA D'ÁGUA
Esse é um ponto totalmente opcional e vamos falar mais sobre ele quando falarmos de autoria.

{ crédito :: eva caroline }

O ideal é que se use o mínimo possível as opções automáticas da câmera, quanto menos opções automáticas você usar, mais liberdade terá para trabalhar a foto posteriormente. Procure confirgurar as opções da sua câmera de acordo com o que está sendo fotografado.

Pesquisar e fazer algumas leituras é recomendado, pois é um assunto extenso e cheio de pormenores. A minha pretensão com esse post é muito mais de alertar para o que se deve fazer do que propriamente ensinar como fazer.

OUTRAS DICAS
. Ao fazer edição de suas fotos tome cuidado para não exagerar a dose. É sempre bom manter um distancimento para avaliar se aquele resultado ficou legal! Antes de finalizar a edição pare um pouco de olhar para a imagem, dê um tempo e depois volte a olhá-la. Procure deixá-la natural, desde as cores até a luminosidade e nitidez.

. Quando preparar as fotos para internet salve os arquivos no tamanho que será visualizado na tela. Isso faz com que carregue mais rápido pra quem está acessando, ocupa menos espaço no seu servidor e ainda dificulta para quem quiser utilizar sua imagem indevidamente.

. Nunca salve os ajustes por cima do arquivo original. Faça uma cópia da imagem e trabalhe nela, assim você terá o original preservado no caso de precisar reeditar ou precisar da imagem no tamanho original.

. Remover o fundo ou não remover? Eu particularmente acho o seguinte: só faça se souber fazer bem feito. Porque é muito feio fotos mal “recortadas”. Se você seguir os passos dos posts anteriores, mesmo que você não alcance um branco perfeito, também não terá um “fundo” feio. É melhor mantê-lo que recortar e ficar mal feito.

Agora é a sua vez! Compartilhe com a gente aquela dica especial que faz a diferença na hora de você fotografar seus produtos!