................ ................ ................ ................

série { bazar sem medo }: 5. o grande dia

Por Ingrid Nirve
{ Estúdio Fina Flor }

Depois de dicas espertas que mostram como organizar, divulgar e faturar mais e melhor com o seu bazar, chegamos ao post final. Nele você vai encontrar os últimos detalhes que devem ser levados em conta para que todos saiam do evento com a marca do seu craft business na cabeça. Pronta?

 { crédito :: natalia valle }

SINALIZANDO O ESPAÇO
Quando estamos em um evento de qualquer espécie é normal nos depararmos com placas que sinalizam o local. As placas mais comuns são aquelas que identificam os banheiros e a área de fumantes. Este tipo de preocupação também é válida para o seu bazar.

Mas por que você deve se preocupar com isso afinal? É simples: quanto mais informação os seus clientes tiverem em mãos menos você terá que se preocupar. Por exemplo, ao invés de responder mil vezes à pergunta “onde fica o banheiro” você pode sinalizar o local com uma placa ou até mesmo com um papel. Desse modo os seus clientes encontraram o caminho sem problemas e você pode despender mais tempo ao atendimento em si. Ah... É claro que, mesmo sinalizando, sempre vai haver alguém desligado que vai perguntar onde fica o banheiro, mas o número de perguntas certamente vai ser bem menor.

Aqui vão alguns lugares ou itens que pedem sinalização: banheiro, água e/ou comes e bebes, caixa, provador, guarda volumes (se houver), área para fumantes (se houver). Caso você lembre de outro idem que pede sinalização, não pense duas vezes. Sinalize e ponto final. Isso funciona principalmente para eventos maiores. Se o seu bazar vai acontecer em casa basta sinalizar o banheiro.

{ crédito :: ana tuyama }

O GRANDE DIA
O dia do bazar chegou. Acorde cedo, tome um banho relaxante e trate de ficar linda. Nada de receber os seus clientes mal arrumada, viu? Você é parte importante do evento, então também tem que estar impecável.

Antes que os clientes cheguem dê uma última olhada em tudo. Se alguma coisa estiver fora do lugar, este é o momento de arrumar. Mas atenção: este é o momento dos pequenos ajustes. Não tente fazer grandes mudanças... O que está feito está feito. Lembre que seus clientes vão chegar a qualquer momento, certo?

DURANTE O BAZAR NÃO ESQUEÇA
. Pegar o contato (nome, e-mail e telefone) de todos que passarem por lá. Isso é importante, pois você pode usar estes dados no futuro, para outro bazar por exemplo. Lembre também de perguntar como eles souberam do bazar e se eles autorizam o envio de e-mails marketing.
. Bater fotos do espaço e também dos clientes em compra.
. Se possível, atualize Orkut, Facebook e Flickr com as fotos para mostrar a quem ainda não foi o que há de legal no bazar.
. Também vale criar tweets com informações fresquinhas e compartilhar imagens bacanas pelo Twitter.

{ crédito :: fofysfactory }

DEPOIS DO BAZAR
Quando o bazar acabar é hora de descansar. Se você usou o esquema de tabelas para o caixa, não vai ter que se preocupar com contas agora... Então descanse.

No dia seguinte contabilize o seu lucro e também o lucro das demais pessoas envolvidas (isso vale para quem vai fazer o bazar com produtos de outras pessoas). Separe tudo e dê o devido destino ao dinheiro. Caso você tenha usado mercadoria de outras pessoas, bata o estoque e devolva.

Outras coisas que você deve fazer depois do bazar:
. Monte um e-mail marketing com fotos dos produtos e de alguns clientes e envie para a lista de contatos que você coletou no bazar. Agradeça pela presença e carinho de todos que apareceram e diga o quanto à experiência foi bacana pra você.
. Se você fez um bazar na companhia de outras pessoas, envie um e-mail especial agradecendo pela parceria. Nutrir estes laços é muito importante.
. Além dos dois e-mails acima, envie mais um. Este para a sua lista de contatos como um todo. A idéia deste último e-mail é mostrar o bazar a quem não foi ao evento. Desse jeito você gera expectativa para o próximo.

PREPARADA PARA COMEÇAR?
A série Bazar Sem Medo chegou ao fim. Você tem outras dicas que podem contribuir com as leitoras do blog? Então corra até os comentários para conversar e levar as ideias adiante.

Agora o Assim, Sim! quer saber: você está pronta para criar um bazar? Compartilhe sua opinião com a gente e diga se as dicas foram válidas. Nós estamos torcendo para ver eventos feitos por você, leitora, logo em breve.

No próximo sábado, teremos um post extra da série Bazar Sem Medo falando sobre os bazares em clubes, condomínios, escolas... aguarde, você vai gostar!