................ ................ ................ ................

10 leis do marketing de mídias sociais

por Lu Picoral . artesanal

Foi com muita alegria - e um gostoso frio na barriga, confesso - que aceitei o convite do Assim, Sim! para compartilhar com vocês algumas informações sobre marketing direcionado à gestão de empresas criativas. Espero que vocês curtam o texto e participem bastante das discussões, pois é através delas que os próximos 5 posts da série serão construídos. Boa leitura!

 { créditos :: we heart it, polciak }

Entender o que é o marketing de mídias sociais e aplicar as dicas que Susan Gunelius publicou no portal Entrepreneur pode ajudá-la a aumentar sua audiência e, consequentemente, o (re)conhecimento da marca de sua pequena empresa.

Isto não e fácil, mas é um desafio que pode ser seguido em 10 etapas – ou 10 Leis. Lembre-se que toda a jornada para a criação e o sucesso de uma empresa criativa é feita com passos de formiguinha, mas no final, você terá construído uma base sólida para que seu negócio atenda seus clientes com a segurança e a qualidade que eles merecem.

1. Escute: vale o chavão “fale menos e escute mais”. Pergunte a seus clientes o que é importante para eles. Participe (em blogs e fóruns, por exemplo) de discussões e conversas que sejam relevantes e que agreguem valor às informações coletadas – assim você terá mais ferramentas para desenvolver assuntos que tenham interesse de fato para seu público-alvo.

2. Foco: para construir uma marca forte e sólida é preciso ter foco. Decida qual será a especialidade (ou diferencial) de sua empresa e prepare uma estratégia com conteúdo bem direcionado. Se você “atirar para todos os lados” acabará não acertando ninguém.

3. Qualidade: não valorize quantidade, mas qualidade. Não adianta ter 1000 seguidores em seu blog se eles não leem seu conteúdo. Vale muito mais a pena ter apenas 150 contatos que leem, participam e compartilham seus valores, sua marca e seus produtos.

4. Paciência: faça planos para que os resultados sejam atingidos a longo prazo – lembra dos passos da formiguinha? Embora existam ações rápidas, os resultados em mídias sociais e marketing de conteúdo podem demorar a aparecer. O importante é manter a serenidade e não desistir.

5. Composição: Se você tiver cuidado em publicar conteúdos de qualidade e trabalhar para formar um grupo de seguidores (de qualidade), eles irão compartilhar este conteúdo com sua rede de relacionamentos (seja blog próprio, Twitter ou Facebook, por exemplo). Este tipo de compartilhamento gera discussões e comentários sobre a sua marca de forma que novos pontos de entrada para motores de busca (como Google) sejam abertos. Ou seja, sua marca se tornará acessível a um número cada vez maior de pessoas.

 { créditos :: flapperdoodle }

6. Influência: Invista e dedique algum tempo para construir um relacionamento com os influenciadores de sua área de atuação. Esses influenciadores, ou formadores de opinião, devem ter audiência de qualidade, constituída por pessoas de seu público-alvo. Ter estes contatos significa ampliar o compartilhamento de seu conteúdo com um grande número de pessoas. Mas não esqueça que você deve investir em informações úteis e não apenas palavras ao vento.

7. Valor: acrescente valor à conversa – o que significa abordar conteúdo criativo e desenvolver relacionamentos com pessoas que são influentes online. Elas serão suas aliadas para realizar táticas de marketing boca-a-boca (ou micromarketing) de seu pequeno negócio.

8. Reconhecimento: lembre-se que para construir um relacionamento (seja ele físico ou virtual) é preciso que haja interação. Reconheça e converse com cada pessoa que chegar a você. Como lembrou Susan Gunelius, você não deixaria de conversar com um cliente que lhe abordasse fisicamente, então por que ignorar aquele que lhe procura online?

9. Acessibilidade: esteja disponível para manter um bate-papo depois de suas publicações. É importante ter esta disponibilidade para manter o canal de diálogo aberto e produtivo. Afinal, se você mesma não está participando o que motivará outras pessoas a participar?

10. Reciprocidade: vale a ideia da via de mão dupla: não espere que os outros falem sobre você se você não fizer o mesmo por eles. Sua dedicação às mídias sociais deve envolver o compartilhamento de conteúdo publicado por outros, mas sem esquecer as dicas anteriores. É importante focar em qualidade de informação e não apenas em quantidade para que seus clientes não o abandonem em troca de outras marcas que trabalhem com conteúdos mais interessantes.

Então vamos conversar? Como você tem utilizado as mídias sociais para agregar valor à sua marca? Se você tem alguma dica para acrescentar, participe. Queremos muito ouvir sua opinião!