................ ................ ................ ................

procure o seu diferencial!

por Ana Amélia de Oliveira . Livros da Joaninha

{ crédito :: livros da joaninha }

Em.pre.en.der (em + lat prehendere) vtd 1.Tentar realizar algo difícil ou fora do comum. 2. Realizar.

A palavra empreender está disponível no dicionário para quem quiser consultar, mas será que empreender é somente isto? Já ouvi diversas vezes “Queria tanto abrir um negócio, mas queria algo original, único...” Muito mais do que ter uma boa idéia, empreender significa saber colocá-la em prática. É comum vermos boas idéias que tinham tudo para darem certo irem por água abaixo, pois não foram abordadas de forma adequada. E se você está lendo este artigo e pensando: "-Será que sou uma empreendedora?", isso já é um bom começo.

Empreendedorismo é um sol que nasce para todos, mas somente aqueles que se dedicarem poderão usufruir da sombra. Um empreendimento para ter sucesso não precisa necessariamente ser original, mas precisa sim, ser abordado de uma forma original.

Vamos imaginar uma ótima costureira que decidiu montar uma marca de necessaire. Já sei o que você está pensando. Necessaire? Mas já existem milhares de pessoas que produzem esse produto. Calma, calma... agora é o momento do pulo do gato. Se esta mesma costureira lançar este produto que já é produzido por outras costureiras, mas de uma forma original ela com certeza vai se destacar entre as suas concorrentes.

Sentar para fazer uma lista com ideias de como fazer este produto pode ser uma boa forma de começar. Vou contar uma pequena história para vocês entenderem exatamente do que estou falando.

Minha mãe é uma empreendedora nata. Quando jovem era florista. Vendia botões de rosa em restaurantes para os casais apaixonados. Não demorou muito para perceber que havia outras floristas e que precisava de um diferencial. Foi a um atacado que vendia bijuterias e comprou pulseirinhas, anéis, brinquinhos e pendurou nos botões de rosa. O lucro em cada peça diminuiu, mas após esta idéia, ela passou a vender muito mais e recuperou esta diferença na quantidade.
Quando vendia apenas o botão era comum namoradas que diziam para o namorado que não precisava gastar com aquilo, mas depois que ela colocou as “bijus” não tinha moça que recusasse o presente Entenderam?

Você pode vender o mesmo produto que sua vizinha, mas deverá oferecer/apresentar o seu de forma original. São os pequenos detalhes que vão tornar seu produto diferente da concorrência. Atendimento gentil, matéria prima de boa procedência, apresentação caprichosa, cumprimento do prazo não é diferencial é obrigação.

Vamos supor que esta mesma costureira sentou para fazer sua lista e não teve nenhuma idéia. E agora? Será que ela deve desistir da sua marca de necessaire? Claro que não! Existem profissionais capacitados para isso e não há problema algum em usá-los nesses momentos de insegurança. Um dos segredos do sucesso é saber reconhecer suas limitações. Contrate profissionais especializados para te ajudar. Atualmente é possível estudar este assunto em instituições de ensino, fazer cursos on line, pesquisar na internet, adquirir literatura especializada.

O Assim, Sim! é uma ótima ferramenta para você aprender mais sobre este assunto! Você já leu todas as postagens? Se sua resposta foi não, que tal comprometer-se em fazer a leitura de dois posts até ler todo conteúdo? As leituras já te darão um material riquíssimo para estudo. Anote todas as dicas que achar importante e consulte-as sempre que surgirem dúvidas.

Será que não está na hora de sentar e fazer a sua lista? Vamos conversar mais sobre? Quero muito saber sua opinião!