................ ................ ................ ................

está mesmo na hora de trocar sua câmera fotográfica?

por Eva Caroline . La Pomme

 
{ créditos :: eva caroline }

"É hora comprar uma máquina nova e melhorar minhas fotos!"

É muito natural associar uma boa imagem fotográfica a equipamentos de última geração! Mas isso é o mesmo que dizer que aquele produto que você confeccionou com carinho, cuidado, atenção é bom por causa da tesoura com a qual que você o cortou. O bom resultado de um trabalho, seja ele qual for, depende de muitos aspectos, mas a pessoa que o executa é a ferramenta mais valiosa!

Resultados semelhantes podem ser conseguidos quando se tem conhecimento, usando a criatividade e a observação. Vou utilizar como exemplo o resultado de uma fotografia feita em estúdio com luz controlada e outra feita com luz natural, sem equipamentos de iluminação.




Então, antes de decidir por trocar de equipamento para melhorar sua imagem, analise se você realmente se dedicou a melhorá-la com o que você já dispõe. Já tentou colocar em prática as diquinhas dadas aqui? Já buscou informação e conhecimento em outro lugares? Será que o próximo passo antes de investir em um equipamento não deva ser investir no seu conhecimento? Que tal um curso básico de fotográfia?

Achar que a compra de um equipamento mais avançado é a solução dos problemas, trará com facilidade frustrações. A evolução deve vir primeiro de você. Conheça o seu equipamento! Saiba o que ele pode te oferecer para extrair o máximo dele. Leia o manual e faça testes utilizando as suas diferentes funções e configurações. Mas se realmente for hora de melhorar o equipamento, então vamos lá!

1. Preocupe-se com a óptica. Qual a qualidade da imagem que ele capta? Antes de se preocupar com quantos megapixels ele tem, qual o zoom e outros recursos, é importante que a prioridade esteja na qualidade em captar, registrar e fixar a imagem. Não adianta, por exemplo, um equipamento te oferecer um zoom de 12x, se ele perde qualidade na aproximação, veja essa explicação (clique aqui!).  Não adianta ele te oferecer 12megapixel se ele não tem qualidade óptica.

2. Não compre um equipamento que exija um nível de conhecimento superior ao que você tem (a menos que se dedique a aprender). Assim você não tem prejuízo investindo em recursos que você não irá utilizar. O ideal é comprar a câmera de acordo com seu conhecimento e extrair o máximo dele. Comprar uma câmera profissional ou semi profissional e usá-la no automático é sub-utilizar a ferramenta!

3. Não avalie apenas o preço, normalmente ele está diretamente ligado à qualidade do produto, pesquise, compare, pergunte e veja qual melhor custo x benefício pra você! Também não o julgue bom pelo fato de ser caro.

4. Cuidado com as câmeras que oferecem “milagres”: Photoshop instantâneo, alteração da cor do objeto… esses recursos encarecem o equipamento e quando utilizados, normalmente não trazem bons resultados.

5. Procure câmeras que possuam o automático, mas ofereçam opções manuais, isso permitirá maior autonomia e aprimoramento no seu ato de fotografar.

Vamos conversar? O que você descobriu nas configurações da sua câmera ou no uso da iluminação, por exemplo, que fez uma grande diferença na qualidade das suas fotos?